DEBRET e a Missão Artística Francesa no Brasil

O PROJETO se constitui na edição de um livro de arte sobre a obra de Jean Baptiste Debret, contextualizada em 2 ensaios:

• no âmbito da Missão Artística Francesa no Brasil – por Jacques Leenhardt, organizador da nova edição do livro Voyage pittoresque et historique au Brésil, relançado em 2014, e curador da exposição homônima, apresentada no Rio de Janeiro, em Paris e Recife em 2016/ 17, por ocasião do bicentenário da chegada da Missão ao Brasil.

• nos costumes e a cidade do Rio de Janeiro, então capital do Reino Unido de Brasil, Portugal e Algarves – por Anna Paola Baptista, coordenadora técnica dos Museus Castro Maya e curadora da exposição homônima apresentada no Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo em 2015/ 16, por ocasião dos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro.

Reprodução de cerca de 180 (cento e oitenta) obras de autoria de Jean Baptiste Debret, pertencentes aos Museus Castro Maya.

Acreditamos que a publicação marcará de forma contundente o panorama editorial da cidade do Rio de Janeiro, visto que o acervo em questão se trata de um dos mais representativo da história cultural desta, representando os costumes, a paisagem, a vida cotidiana, os tipos populares e a história carioca e brasileira.

A contextualização da obra do artista no âmbito da Missão artística Francesa no Brasil traz um aspecto histórico da maior importância, ainda não abordado em substancial publicação.

A obra de Debret se constitui em relevante para a arte e a cultura brasileiras. Considerando o foco do artista está justamente sobre a cidade do Rio de Janeiro, consideramos oportuna para a cidade, assim como o projeto deve ser apoiado pela Lei do ISS.

DEBRET-01