Jorge Hue

Estudioso e profundo conhecedor da arquitetura brasileira, Jorge Hue, 87 anos, manteve, ao longo de sua carreira, o olhar atento a os movimentos sócio-culturais que influenciaram o século XX. “Sempre estudei assuntos correlatos à arquitetura, bem como ao fenômeno social que a envolve e permanentemente a traduz.”

Foi reunida pela primeira vez em livro, a produção histórica deste arquiteto referencial. A edição é composta de dois volumes inseridos em uma luva: O primeiro, com 300 páginas, trata da trajetória e principais projetos desse importante arquiteto carioca, desde os anos 1950 até o presente: com fotos de autoria de José de Paula Machado, textos críticos de Sergio Rodrigues, Joaquim Falcão, Paulo Sérgio Pinheiro, Roberto Paulo Cezar de Andrade e Stella Moutinho, um texto de caráter autobiográfico, por Liana Fortes, e cronologia. O segundo volume, com 84 páginas, tem a organização e texto do filho José Hue e resgata desenhos de ambientação de interiores, todos relativos a projetos desenvolvidos nos anos 1950 e 1960. “Nunca deixei de desenhar um dia sequer, nem que fosse à ponta de um guardanapo de papel. Desenho e falo com intimidade, amor, esbanjamento total liberdade…” Terceiro projeto editorial da Artepadilla, precedido por “Margaret Mee” (2006) e “Jardim Botânico do Rio de Janeiro – 1808/ 2008”, a publicação tem a coordenação editorial em parceria à PVDI Design e edição conjunta à Contracapa Editora. Patrocínio: CARIOCA Engenharia e LECCA Investimentos, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet/ Ministério da Cultura. Lançamento realizado no Palácio das Laranjeiras, no Rio de Janeiro, no dia 30 de novembro de 2010, com o apoio institucional do Governo do Estado do Rio de Janeiro e venda neste dia parcialmente revertida para o RIOSOLIDÁRIO.

capaJorgeHuejorgeHue1jorgeHue2jorgeHue3jorgeHueDetalhecadernoDesenhosJorgeHuecapaJorgeHue (1)